aves05aves05

 

baixapombalina - blog sobre as polí­ticas de intervenção na Baixa Pombalina

 

Click for Lisboa, Portugal Forecast

 

 

Banca de Jornais veja aqui as edições de hoje

 

quarta-feira, dezembro 03, 2003

 

A Baixa Pombalina - "a primeira cidade moderna do Ocidente, no quadro do urbanismo des Lumières".




A Feira Franca na Avenida da Liberdade por ocasião do 3.º Centenário da Descoberta da Índia. Litografia, 1898, J.R Cristino e Roque Gameiro.
Museu da Cidade


Como afirmou José-Augusto França, a Baixa Pombalina "define-se exemplarmente como a primeira cidade moderna do Ocidente, no quadro do urbanismo des Lumières".
Contudo, ao plano de reedificação da Baixa após o terramoto faltava um parque público, um equipamento frequentemente integrado na reconstrução das cidades europeias influenciadas pelos ideais das Luzes; assim surgiu o Passeio Público [actualmente a Av. da Liberdade] "concebido como uma alameda muito parecida com o desenho dos 'mails' e dos 'cours', (…) devia contribuir para o ordenamento do espaço público, para a 'formosura' da cidade e para o saneamento da mesma." Mas o município decidiu substituí-lo por um outro, a norte da Av. da Liberdade - o Parque da Liberdade [agora Parque Eduardo VII].
Desta substituição nasce a Av. da Liberdade - a concretização da velha ideia que germinava há décadas "de uma grande avenida e abertura de um eixo de penetração norte". Foi com o " protagonismo robusto de Rosa Araújo, Presidente da Câmara entre 1878-1885," que se abalaram todos os adiamentos.

Lisboa, um trecho da Avenida da Liberdade, in O Bilhete Postal Ilustrado e a História de Lisboa, de José Manuel da Silva Passos.



Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?